Notícias

Unidade prisional de Juína ganha ‘corpo da guarda’

16/10/2018

O ‘corpo da guarda’ do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Juína (a 730km de Cuiabá) foi inaugurado recentemente, depois de três anos de funcionamento da unidade. Trata-se de uma antessala, considerada o acesso principal para o público (familiares e advogados), onde são realizados todos os procedimentos de segurança antes de entrar na unidade prisional. A construção desse espaço só foi possível com o apoio do Poder Judiciário e do Conselho da Comunidade.  

O juiz da 3ª Vara de Juína, Vagner Dupim Dias, que é corregedor do CDP, explica que o ‘corpo da guarda’ é o local onde ocorre a identificação, cadastramento e revista com detector de metais dos visitantes. Para o magistrado, a estrutura oferece conforto e segurança. “Conforto porque é um ambiente climatizado e com assentos. Antes, as pessoas esperavam em pé, no sol. E segurança em razão dos equipamentos utilizados e procedimento adotados”, argumentou. 

Na construção foi utilizada mão de obra dos próprios reeducandos, que foram qualificados profissionalmente pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), durante três meses. Aproximadamente 60 detentos trabalharam no empreendimento. A seleção considerou bom comportamento e aptidão para executar a tarefa. Os recuperandos escolhidos ainda foram beneficiados com a remição da pena, pois foi reduzido um dia de pena para cada três dias trabalhados. 


Assessoria de Comunicação CGJ-MT 
corregedoria.comunicacao@tjmt.jus.br 
(65) 3617-3571/3777