Notícias

Ações de ressocialização melhoram sistema prisional em Sorriso

30/08/2007

Ações de ressocialização melhoram sistema prisional em Sorriso

 

 

Nas comemorações da Semana da Ressocialização a Comarca de Sorriso e o Conselho da Comunidade inauguraram as novas dependências da oficina de artesanato da cadeia pública do município. Além disso, o evento foi marcado por ações junto aos reeducandos, para melhorar a qualidade de vida dentro do sistema carcerário. As atividades aconteceram no último dia 28, na cadeia pública.

 

Outra iniciativa dos organizadores da semana foi renomear a Cadeia Pública de Sorriso. Agora, a unidade prisional passou a ser chamada de “Centro de Ressocialização”. A iniciativa do Poder Judiciário e Executivo faz parte de um processo que busca, efetivamente, a reeducação das pessoas que se encontram encarceradas.

 

Conforme a juíza Débora Roberta Pain Caldas, que é a corregedoria da unidade prisional de Sorriso, uma nova visão foi lançada para o sistema carcerário. “É preciso tratar e reeducar as pessoas que se encontram aprisionadas, pois um dia eles retornarão ao seio da sociedade”, destacou a magistrada.

 

Durante o evento, também foi lançada a obra de construção da “Ala Renascer” que abrigará os reeducandos que participam do projeto “Drogas, problema seu, meu, nosso” que busca a desintoxicação de dependentes químicos, enquanto cumprem suas penas.

 

 

Até o final desta semana, uma série de atividades serão realizadas junto aos reeducandos. Estão previstas palestras sobre os malefícios das drogas, doenças sexualmente transmissíveis, higiene pessoal (com distribuição de kits), curso de culinária para as reeducandas, apresentação de peça teatral, entre outros. Conforme informações da Comarca, entre os serviços oferecidos estão confecção de carteira de identidade e corte de cabelo.

 

Os reeducandos irão receber também roupas e agasalhos que foram arrecadados na campanha “Solidariedade”, realizada no município.

 

            As ações realizadas em Sorriso fazem parte da 1ª Semana Estadual de Ressocialização: ”Reconstruir Cidadania”, que acontece em todo o estado. Na capital a Semana foi lançada no último domingo (26 de Agosto), na Praça da República, com uma exposição de artesanatos produzidos pelos reeducandos de Cuiabá e Várzea Grande.

 

O evento é uma parceria entre o Judiciário e Executivo. A Corregedoria Geral da Justiça de Mato Grosso orientou as 79 comarcas do estado para realizarem atividades alusivas à ressocialização. No interior, a proposta era justamente envolver os juízes, servidores, autoridades e a população em geral em projetos voltados para a reinserção social.

 

Laíce Souza

(65) 3617-